BOLSA AMARELA

Ainda me lembro daquela Bolsa Amarela. Aquela bolsa que chamava atenção, que era vista por todos. Ainda lembro de como chamava minha atenção. Onde quer que passava ouviam-se múrmuros e cochichos sobre a Bolsa Amarela.

Aquela bolsa que morava por perto, que eu fazia questão de passar na frente. Aquela bolsa que muitas vezes também me fez cochichar com aquela amiga, que também observava a bolsa. Aquela bolsa que seguia um caminho diferente do meu, mas nunca deixou de passar por ele.

A Bolsa Amarela me arrancava suspiros, me fez dançar, cantar e parodiar. A Bolsa Amarela também conseguiu, por um curto espaço de tempo, me fazer sonhar acordada. Ela conseguiu fazer com que eu sentisse esperança em revê-la, em um dia ter a chance de trocar algumas palavras (coisa que nunca aconteceu).

Nunca tive muita coragem de chegar perto da Bolsa Amarela, pois para minhas bochechas sobrava a cor vermelha. Porém, passei um bom tempo enchendo meus olhos com a radiante cor amarela daquela bolsa.

Bolsa Amarela, Bolsa Amarela…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s