DÚVIDAS DE UMA JOVEM (QUASE) EM CRISE

Assistindo à série How I Met Your Mother eu me pergunto: eu sou mais parecida com a Robin, ou com o Ted?

Em que sentido? Vocês se perguntam.

No sentido relacionamento. Ah, lá vem ela de novo com esse papo. Sim, eu venho.

Bom, recapitulando: Ted é um cara de 28 anos que quer ter um relacionamento sério, dividir suas coisas com a mulher da sua vida, ter dois filhos (um menino e uma menina), ter toda sua vida esquematizada e planejada e ser um louco, feliz e apaixonado. Robin, por sua vez, ama ter o seu cantinho, as suas coisas, os seus cinco cachorros, ama ser solteira, pois pode ser livre de ficar baseando seu próximo passo em prol do outro e não se dá muito bem nesse lance de namoro.

Agora partimos para o meu lado. Aquele que tem vontade de experimentar os dois lados. Bom, um deles já é aproveitado há alguns aninhos. Mas e o medo? O que fazer quando o medo de entrar em um relacionamento aparece? O que fazer com as experiências ruins? As quais me fizeram pensar que é quase impossível encontrar alguém realmente bacana e que se encaixe nas minhas expectativas. Mas aí eu vejo nas redes sociais aqueles casais que parecem viver num filme. É tudo lindo (claro, eu sei que a vida não é um mar de rosas, mas esses casais fazem valer a pena).

Então eu, 20 anos. O que é melhor? O que o futuro reserva pra mim? Quem o futuro reserva pra mim? Se tiver alguém, onde é que eu vou encontrar? Quantos eu ainda vou deixar passar pra finalmente perceber que eu tenho que segurar?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s