PENSE

Pense no que você mais gosta de fazer na internet.

– Você fica vagando em busca de blogs de beleza, de humor, de notícias, games?
– Você vai atrás da vida das pessoas no Facebook, no Insagram, Twitter?
– Você conhece o Snapchat? E o Periscope? Você usa esses aplicativos (ou pelo menos um deles)?
– Ou você é do tipo de pessoa que não tem saco pra leitura e vai atrás dessas mesmas coisas no YouTube? Você lembra que existe o Vimeo?
– Quantas vezes, de todas essas que você entra na internet, você a utiliza para fazer trabalhos da faculdade, ou da escola?
– Você clica em “Pular anúncio” depois de 5 segundos no YouTube? Ou espera para ver as fantásticas histórias que podem lhe ensinar alguma coisa?
– Quais são suas influências na hora de comprar algum produto?
– Quanto do seu preciosos tempo você gasta navegando na internet?
– Você já buscou fazer algum tipo de exercício?
– Quantos rostos você vê ao vivo por dia?
– Quantas pessoas você faz sorrir em um dia? Quantas LHE fazem sorrir?
– Quantos abraços você dá e recebe?
– Qual sua proximidade com outras pessoas?
– O WhatsApp se tornou santuário para conversas íntimas? Para desabafos? Para resolver problemas pessoais? Para começar, ou terminar um namoro? Para brigar?
– Quantas vezes você já sorriu na telinha do WhatsApp, quando na verdade estava chorando no seu quarto?
– Quantas vezes esse aplicativo já lhe fez sentir sozinho por não ter aquele alguém do lado, pronto para lhe dar um abraço?
– Quantas vezes as palavras de conforto entegues e lidas não são suficientes num momento difícil?
– E as conversas em grupo?
– Quantas vezes você já sentiu falta de juntar essa galera para conversar ao vivo, a cores, comer alguma coisa, tomar alguma coisa?
– Quantas vezes o som da risada daquele que está do outro lado já ecoou na sua cabeça ao ler um “kkkkk”?
– Em que momento da sua vida a internet lhe impediu de ver seus amigos pessoalmente por causa do conforto do inbox? De não precisar sair de casa?

Pense no que você está deixando para trás. Pense quantas coisas legais você terá perdio ao chegar numa fase da vida em que não pode mais sair de casa. Pense em quantos sorrisos você deixou de ver pessoalmente. Pense no quanto você deixou de ampliar a sua vista para se limitar à imagem de uma foto do pôr-do-sol bem na sua frente. Pense. Viva.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s