UM ANO

Vou contar uma pequena história para vocês:

Eu sempre fui uma menina muito sonhadora, sempre me imaginei fazendo coisa de gente grande, grande e famosa. Me imaginava no dia em que seria alguém importante não apenas para meus pais, minha família e meus amigos, mas sim para o país todo, para o mundo todo. Desde que me conheço por gente eu sinto que devo, de alguma forma, fazer a diferença para o mundo, ou pelo menos, para uma boa porcentagem dele. Continuar lendo