Poesia

Através do pôr-do-sol
Vi o reflexo do além
Vendo o sol entre as nuvens
E seu brilho ao meu aquém

Dos seus olhos vi o brilho
O brilho que raiou meu ser
Não canso de admirar esse olhar
Que me faz florescer o sentido de viver

Assim como o brilho do sol
O seu brilho me fez crer
Que sou uma mera planta
E que preciso de você para viver

Poema por: Linton Marcelo Möllmann

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s